“Em casa temos que ser mandões e dominar o jogo”

Depois da vitória na jornada inaugural em casa do Boavista, a Granja recebe este Domingo a equipa do Abeira Douro, naquilo que vai ser o seu primeiro jogo em casa, na 2ª Divisão.

“Esta é uma série muito equilibrada, por isso todos os jogos vão ser de extrema dificuldade.”

Na antevisão do jogo, Miguel Mota começou por referir que “a vitória na primeira jornada, contra o Boavista e num pavilhão complicado como o do Viso, é sempre moralizador. Mas deixou-nos de sobreaviso em relação ao que pode acontecer a este nível. Estivemos a perder por 3–0 e demos a volta, porque na segunda parte a nossa qualidade veio ao de cima. Mas esta reviravolta pode acontecer ao contrário e sermos nós a perder, por isso temos que estar sempre atentos e concentrados. Esta é uma série muito equilibrada, por isso todos os jogos vão ser de extrema dificuldade.”

“temos que assumir todos os jogos sempre com a mesma postura, que é a de ganhar.”

No que toca ao próximo adversário, o nosso treinador avisa que “não há adversários ideais nem fáceis na nossa série, vamos ter que jogar com todos” e alertou para a valia da turma do Peso da Régua, apesar de reconhecer que “a par do JACA é a formação que ainda não conheço bem. Sei que são muito difíceis especialmente em casa, são fortes fisicamente e executam bem o que o seu treinador, um homem com muita experiência no futsal, lhes pede.” No entanto reforça o mote que “temos que assumir todos os jogos sempre com a mesma postura, que é a de ganhar. Em casa temos que ser mandões e dominar o jogo.”

O técnico apelou aos adeptos “que compareçam em massa à nossa estreia em casa na 2ª divisão, mas que venham um pouco antes e apoiem também os nosso juniores que jogam às 16h e que muito apoio também precisam”.

Num outra nota, Miguel Mota não quis deixar de dizer umas palavras acerca de Zézinho, que recentemente teve que suspender a sua ligação à Granja e ao futsal. “Em primeiro lugar está o homem e isso é que é importante, mas enquanto treinador e amigo tenho pena que não possa continuar a fazer parte do nosso grupo. Ele tem muito talento e foi isso que nos fez querer que passasse dos juniores para os séniores, por isso espero que ele regresse pois um miúdo com este talento não é fácil de encontrar”.

O jogo desta jornada do campeonato nacional é contra a turma dos Amigos Abeira Douro e realiza-se no Domingo no Pavilhão do Corim às 18h.