Sem mais reticências ou pontos de interrogação.

Estou colocando um ponto final. Em nós. No que eu sinto. No que eu pensava sentir por ti. No que eu esperava de nós.

Tu alimentou minhas expectativas. Me incentivou a pular do penhasco, e no ultimo minuto, desistiu e recuou. E eu cai, e meu coração se quebrou novamente.

Estou findando nós para me encontrar novamente. Encontrar a parte que eu queria dar a ti, e que ainda não voltou para mim, pois ela ainda quer ser tua. Mas não mais.

Eu queria nós. Já havia te dito e tu havia me mostrado reciprocidade. Mas a vida é uma vadia e tu é um idiota.

Então chega! Eu me recuso a sentir falta do teu beijo e do calor do teu abraço. Não irei mais sentir saudades do teu perfume e das linhas do teu sorriso. Não vou mais sentir vontade de me perder dentro dos teus olhos ou de tuas caricias.

Quero banir teu toque de minha pele. Desejo expulsar o teu riso da minha lembrança. Vou expurgar as borboletas em meu estômago, que se agitam quando dizem teu nome. Vou destruir o que eu sinto por ti, já que tu destruiu a possibilidade de existir um nós.

Esse é o meu ponto final. E não se atreva a voltar com teus pontos de interrogação. Tuas reticências não me servem mais. A partir de agora, meu coração só vai aceitar pontos de exclamação.