Na dúvida, mude!

Muitos são os momentos em que nos deparamos com dificuldades, indecisões e dúvidas. São encruzilhadas que aparecem pelo nosso caminho, nos deixando angustiados e sem saber o que fazer. Muitas são as vezes que nos sentimos sem propósito, que mesmo não sabendo o que, percebemos que alguma coisa não está bem.

Se encontrar nessas situações é normal. E nessas horas, por mais que tudo sejam dúvidas e muitas vezes não seja possível enxergar um mínimo indício de luz no fim do túnel, lembre-se de que, existe sim, uma certeza: a necessidade de mudança.

Se você está infeliz com alguma coisa, não fique esperando a melhora, corra atrás dela, mude você mesmo. Um resultado diferente não virá, se você continuar utilizando os mesmos fatores. Mesmo, que você não saiba que caminho seguir, experimente, tente algo novo. Como disse o Gato Cheshire para Alice: “Para quem não sabe onde vai, qualquer caminho serve.”

A vida é como uma questão de múltipla escolha, mas você não precisa descobrir qual a alternativa certa, logo de cara. Afinal, quando se trata de viver, não existe jeito certo, existe o que te faz feliz. Mas você já sebe qual a errada, apenas fuja dela.

Não estou dizendo para viver a vida no “veux le veux” e seja o que deus quiser. Por que, pode ter certeza, não existe uma luz divina que, de repente, irá pairar sobre sua cabeça e te dizer o que deve fazer. Para encontrar o seu propósito, aquilo que te faz sentir que valeu a pena, é preciso muita dedicação, autoconhecimento e persistência.

Mas enquanto você não sabe para onde ir (esse post aqui pode te ajudar), não tem problema ir para qualquer lugar. Afinal é experimentando, arriscando e quebrando a cara que a gente aprende o que nos faz bem.

O importante é manter-se em movimento, não desistir da busca e aproveitar a jornada!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.