Por quê diminuir o seu lucro?

O cara mora na parte cara da cidade, chega na padaria do bairro e vê que o preço do iogurte está 50% mais caro do que no supermercado. Começa a reclamar, alegando que é um absurdo o sr. Manoel da padaria colocar o iogurte naquele preço, que é um roubo, começa a fazer contas afirmando que o lucro do Manoel está alto demais. Mas… por que o sr. Manoel diminuiria o seu lucro?

Existe um preço do iogurte no qual o seu Manoel consegue o maior lucro possível. Digamos que esse preço seja R$ 6,00. Se o sr. Manoel aumenta o preço para R$ 6,10, ou se diminui o preço para R$ 5,90, o seu lucro cai.

Imaginemos então que o sr. Manoel, sujeito de bom coração, resolve diminuir o lucro dele para que os seus consumidores possam comprar iogurtes mais baratos. Digamos que o sr. Manoel coloque o preço do iogurte a R$ 4,00. Vamos supor que com isso o sr. Manoel perca R$ 500,00 de lucro por mês. Isso quer dizer que o sr. Manoel decidiu que todo mês vai ter R$ 500,00 a menos no bolso, e esses R$ 500,00 vão para o bolso dos seus clientes.

Estamos considerando que o sr. Manoel, ao abaixar o preço do iogurte, deixou de ter R$ 500,00 por mês para gastar com a família, comprar presentes para os amigos, se divertir no bingo no fim de semana, investir na padaria, doar para a caridade, ou o que quer que seja que o sr. Manoel faria com R$ 500,00 a mais por mês. Isso para que os seus clientes, pessoas de razoável renda, possam ter alguns reais a mais por mês para gastar com a família, comprar presentes para os amigos, se divertir na praia no fim de semana, doar para a caridade, ou o que quer que seja que os seus clientes fariam com esses reais a mais por mês.

Essa atitude do sr. Manoel faz sentido? Será que os clientes da padaria são as pessoas que mais precisam de ajuda financeira? Se o sr. Manoel tem um bom coração, não seria melhor lucrar o máximo possível com a padaria e distribuir parte do lucro para obras de caridade que realmente necessitam do dinheiro?