Designers: Parem de reclamar dos “sobrinhos”. O problema é você.
Paulo Tenorio Filho
44378

Excelente, Paulo, falou bem e falou quase tudo.

Mas regularizar a profissão é tê-la mais respeitada, independente de ser sobrinho ou não. É a área de atuação ter o valor merecido, independente do valor individual, que será maior ou menor conforme o esforço e capacidade de cada um.

Sobrinhos são benvindos por mim e a regularização também. Eu preferiria que pessoas que exercem a profissão a mais de 3 anos pudessem ter o registro, para que os sobrinhos pudessem virar designers formalmente. Existem tantos cursos online hoje e a prática é tão importante quanto a teoria, se não for mais. Fora o design de produto e o industrial, não vejo a necessidade de uma faculdade formal para a atuação. O repertório conta muito mais. A discutir com opiniões contrárias.

Like what you read? Give Gabriella Turbiani a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.