Busco nas palavras uma descrição que resuma o meu coração. Distrações tiram o foco das minhas inquietações. A rotina me lembra do amanhã. Me surpreendo com o viver. Submeter ou não me submeter? Submeti. Senti. Não sei lidar. Procura-se manuais. “Todo dia é um dia”. Amanhã eu aprendo. Fui pego. Confortável na prisão dos dias. “Mãe, você tem que abrir sua cabeça!”. Não sei nadar nos sentimentos. Me afogo. Respiração boca a boca só no Carnaval. Ainda é 19 de janeiro.

Tá foda.

Um texto ainda não finalizado.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store