Statement: Anna Wintour mostra primeiro vestido da Margiela de John Galliano

A Rihanna foi sem calça, a Victoria Beckham levou prêmio/reconhecimento por sua marca, Edward Enninful ganhou homenagem, Louise Wilson foi lembrada com desfile de seus pupilos, Craig Green ganhou como novato do masculino, Courtney Love socializou com as angels e com Lana Del Rey. Só que a notícia que achei mais legal da edição deste ano do British Fashion Awards, premiação pilotada pelo conselho de moda britânica, foi outra: o primeiro look da Maison Martin Margiela assinado por John Galliano.

A história todo mundo já sabe: afastado da Dior e da moda desde que vídeos de sua versão embriagada e ofensiva ganharam o mundo, Galliano prepara comeback fashion como diretor criativo da grife famosa por não ter um estilista que apareça. A ideia foi de Renzo Rosso, capo do grupo Only The Brave (que controla a MMM), para refrescar o que Matthieu Blazy (denunciado por seu perfil no LinkedIn e já anunciado em novo cargo na Céline) fazia já sem muita animação. A missão também vale para ver se o furacão midiático empurra mais roupas e acessórios das araras.

Geralmente, um gostinho deste tipo de novidade fica trancado a sete chaves até o primeiro desfile ou ganha preview no corpo de alguma celebridade amiga da marca ou nas páginas de alguma revista. Aqui não. Quem saiu com o primeiro vestido da Galligiela (#RISOS) foi Anna Wintour. Ela ganhou o palco, apresentada com um discurso emotivo do próprio Galliano, com um longo não muito distinto, mas diferente, bem do tipo que ela gosta: de linhas fáceis e com print floral. Não era só sobre o look, claro; era um preview usado como statement, um passo a mais para a aprovação do retorno do estilista.

Dá pra pirar no que este vestido significa para o desfile de estreia de John Galliano na casa — vai ser menos cerebral, qual o nível de exuberâncias dele será ativado, vai ter roupa de tapete vermelho, é um começo animador, vai ter tênis de rapper? As respostas só chegam depois que virar o ano. Falta pouco.


Originally published at traum.com.br on December 2, 2014.