Desde que saí de um trabalho em 2018 e decidi tirar meu ano sabático, tomei a decisão de que uma das minhas metas para os próximos anos seria ajudar na democratização da tecnologia. Naquele ano dei palestra, talk, aula como convidado em pós graduação, enfim, fiz o que podia e o que achava que não podia!

Quando 2019 chegou, foquei em outras coisas e por mais que continuasse dando mentoria para algumas pessoas, o meu sonho de dividir conhecimento foi ficando adormecido até que recentemente trombei com um tweet, comecei a ler as respostas e me deparei com duas coisas…


Lendo esse título você deve estar pensando um conjunto de frases interessantes para ridicularizar o conteúdo desse post, tais como:

Antes de começar a escrever, quero falar que não estou aqui para dizer que você não deve ter a vontade de crescer na sua carreira, ou que você deve abaixar a cabeça para o que as pessoas dizem, tão menos aceitar seus salários ruins se você acredita que merece mais.

O texto não é sobre…


Será que decidimos o que somos pelo que acreditamos ou pelo que não acreditamos? Essa pergunta segue muito o caminho dissertativo de Albert Einstein quando disse:

A escuridão é uma definição utilizada pelo homem para descrever o que ocorre na ausência de luz.

Logo, escolhemos nossa identidade politica a partir do que gostamos, ou vamos contra nossos ideais para fortalecer uma ideia de falso moralismo?! Durante essas eleições notei muitas pessoas falando: “Diz que é esquerda mas quer ir para os Estados Unidos”, “Quero ver comprar um iPhone no socialismo”, “O estado é laico seu conservador!”, …


Quando comecei o estudo de React + Flux eu estava numa fase turbulenta da minha vida de desenvolvedor, mexia com Angular, jQuery e Velocity, e no auge de uma época totalmente quadrada pra mim, me deparei com algo totalmente dinâmico e tive problemas em migrar meu mindset. Hoje estou aqui, com um pouco mais de know-how, e decidi passar o que aprendi do jeito que gostaria que tivessem me explicado a um ano e pouco atrás!


Recentemente decidi que ano que vem, nas minhas férias, farei um trabalho voluntário em escolas a fim de transmitir um pouco do que foi ingressar na área de TI com meus 19 anos de idade. É triste, mas muita gente ainda acha que TI se baseia unicamente em arrumar impressora do vizinho e escrever umas besteiras… mas sinto lhe dizer que não!

Desenvolvimento pra mim sempre foi um hobbie, hoje eu considero uma paixão. …


Eae seus lindos(as), como foram de final de ano? Bom eu fui otimamente bem. Voltando as atividades nesse 2016 com essa série de 3 partes, E SE RECLAMAR VAI TER MAIS, about task runners (como podem ver sou poliglota, falo português e altas merdas). Automatizar tarefas é um passo bem importante durante o desenvolvimento. Ele vai agilizar bastante do seu tempo!

Imagine você trabalhando com angular e tendo que adicionar uma tag script pra cada controller, service ou whatever? Pensa… SÉRIO SÓ PENSA! Rodar paralelo altos terminais pre-copilando seu CSS, e se já não configurado, ter que minificar e renomear…


Fala galerinha, hoje resolvi trazer um postzinho cabeça para vocês (ou tentar ahahaha). Para quem é de Star Wars sabe que George Lucas se inspirou no Monomyth(The Hero Journey) para criar a trilogia clássica. No momento em que escrevo (final 2015), estou trocando de emprego e indo para algo totalmente novo, com pessoas totalmente novas e trabalhando de um jeito totalmente novo para mim (remoto). Isso me mostrou que todos nós desenvolvedores somos obras de um monomito.

A Jornada do Herói (The Hero Jorney)

De acordo com Joseph Campbell, todo herói tem a mesma jornada, porem, contada de forma diferente por cada autor, por isso o…


Fala galera, beleza? Bom hoje eu estou aqui para dar continuidade a essa magnifica série (aooooooooooooooooo). Se você não leu o último post da série, saiba que o Killgrave mandou você ler ele aqui!

Recentemente fiz algumas provas e uma delas envolvia um ‘Pythoniano’ que me fez lembrar de algo que costumo fazer nos meus códigos e que é uma prática de clean code, e por isso hoje falaremos de (rufem os tambores)…. ta… você já entendeu… ta no titulo hahaha!

Bolacha VS Biscoito da programação!

Se tem uma discussão que é a famosa Bolacha vs Biscoito da programação, essa discussão é como iniciamos um…


Bom, estava com uma ideia sobre um série de posts sobre a responsabilidade do desenvolvedor em códigos limpos e bem estruturados. Para quem trabalha com Javascript, já esta ligado que isso em nossa área é mais difícil que governo brasileiro sem desviar dinheiro.

Porem, não custa tentar né? Hoje vamos falar sobre o ArrayAPI e como ele pode ajudar a deixar seu código curto, auto-explicativo e o melhor de tudo : direto.

Eu vou dividir os exemplos em 3 partes : explicação, implementação e como seria no ES6, não que tenha muita diferença! Vocês não são Regina, mas LET’S GO…


Uma das coisas que ouço constantemente é:

Eu sinceramente fico chocado... Qual o problema de eu recriar o AngularJS, jQuery ou qualquer framework ou lib legal que uso constantemente?

Eu nunca perdi tempo na minha vida! Alias, eu acho que se fosse um personagem animado com toda a certeza eu seria o Flash... A necessidade de sempre ir mais rápido, sempre conseguir fazer mais, saber mais e tentar ajudar o máximo…

Guilherme Diego

Software Enginner, Food/Tecnology ❤, I code during the day, fighting the bad guys during the night. Remeber, you’ll never see me in the same place as Batman

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store