Porque o silêncio ninguém aceita muito bem, e às vezes eu só queria ficar calada sem que isso fosse constrangedor
A tecnologia não me afastou das pessoas, quem fez isso fui eu
Aline Valek
65024

Lembrei na hora de um dos diálogos sensacionais de Pulp Fiction:

Mia: Você não odeia isso?

Vincent: O quê?

Mia: Silêncios desconfortáveis. Por que sentimos a necessidade de tagarelar besteiras para ficar confortável?

Vincent: Não sei.

Mia: É quando você sabe que encontrou alguém especial. Quando você pode simplesmente calar a boca por um minuto e dividir o silêncio confortavelmente.

Like what you read? Give Guilherme Vaz da Cruz a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.