Dia do Ir…

05 de setembro, Dia do Irmão.

Há dias de falta.
Há dias em que comemoramos
a falta do que somos, inclusive.
Dias assim são comuns
a todo ser que vive.
São dias de lamber a ferida
do desgosto,
dias de usar as mãos
para tampar o rosto,
deixar que o tempo assuma
a missão de ensinar,
enquanto relembramos
das infâncias de espuma
de detergente.
São dias em que nos olhamos,
olhares marejados
e bocas trêmulas,
e desejamos uns aos outros:
- Feliz dia do ir…
embora.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Guilherme Aniceto’s story.