Queda capital

#ForaTemer

Soltou-se um grampo de nuvem,
caíram o raio e a chuva,
e não caiu a ficha
de que era o fim.
A precipitação
era nada senão sinal
de que o precipício
já havia ficado para trás.
A queda capital,
o fogo no edifício,
o desespero do capricho:
sinais apocalípticos
(ignorados).
Nos próximos capítulos,
derrubarão
os dentes do tubarão.
Banguela,
tentará morder o osso
e a gengiva em carne viva
há de renunciar.
A boca dolorida
impedirá a próxima mesóclise.
O bicho, enfim,
regurgitará seus crimes.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Guilherme Aniceto’s story.