Osso.

A vida é o osso

e eu sou o cão que procura, pela carne que não resta ,porque já foi consumida pelo desgosto.

A vida é o osso

na ferida aberta, dentro da veia vazia em um rio de sangria fria…

…A vida é osso,

Que dói na queda , que trinca,que bate pedra sobre pedra, Que pinga o suor na lombeira…

A vida é o osso,

é osso de costela, que quebra ao subir a escada tentando chegar,Perfura o pulmão da alma, que me impede de respirar.

A vida é o osso,

É modelo que passeia na passarela e que gente da plateia só fica a observar.

A vida é o osso,

A fratura exposta, com sete pinos placa de ferro ,cravo e canela que com a falta de cálcio me fez perder o oficio

Sobrando o vício, sem mão bengala ou muleta pra me sustentar.

A vida é o osso,

Que entala na traqueia,por procurar pela paz no tutano,Que nem deu tempo de arrumar ‘’os pano’’

Pra me enterrar.