Por que aquela sua ideia épica não vale nada pro mercado dos games?

Este texto é na verdade produto de algumas conversas que já tive com colegas de trabalho sobre o quanto aparecem de pessoas com suas ideias geniais de um novo jogo ou mesmo oferecendo seu roteiro a procura de uma equipe que possa desenvolver sua ideia (como se faltasse), sem conhecimento nenhum sobre desenvolvimento de jogos e o mercado. Vamos a explicação.

Image for post
Image for post

Uma nova ideia

Amigo da ideia épica diz:
- “Vamos construir um elevador espacial, pense nisso… será fantástico!”

Image for post
Image for post
elevador espacial fantástico

Amigo realista:
- Isso foi proposto há várias décadas, você não inventou…

Amigo da ideia épica:
- Eu vou ser aquele que vai construí-lo, tenho uma visão para viagens espaciais, vai revolucionar tudo!

Amigo realista:
- Como você vai construí-lo? Você sabe alguma coisa sobre ciências dos materiais, arquitetura e você sabe o quanto custaria?

Amigo da ideia épica:
- Claro, não conheço essas coisas, mas essa é uma ideia tão incrível de que os investidores me darão inicialmente três trilhões de dólares de financiamento e mais, se isso não for suficiente — então vou proceder a contratar todas as grandes mentes para projetá-lo e construí-lo. Se não sabemos como construir algum material, vamos simplesmente inventar uma maneira! Será épico…

Image for post
Image for post

Uma nova ideia para um novo jogo

Vamos substituir o elevador espacial pela ideia de um novo jogo.

Essencialmente, há tantas pessoas que têm ideias para jogos há muito tempo que é improvável que você seja o primeiro a pensar nela. Vamos fazer um teste em um cenário imaginário para você poder entender isso melhor.

Escolha um desses jogos:

Image for post
Image for post

Agora, coloque todos os jogos que conhece na parede e coloque também cartões pendurados com rótulos como “tempo real”, “rpg”, “fps”, “corrida” etc. e, em seguida, você terá 3 dardos para atirar e acertar 3 deles.

Retire os games e cartões acertados e una-os. Você acaba de criar uma nova ideia de jogo, parabéns…

O que é uma ideia de jogo de qualquer maneira?
Uma ideia de jogo é na forma mais simples uma simples frase de buzzword.
“Jogo de horror de sobrevivência com elementos de combate e RPG baseados em turnos.”

Como isso deve ter algum valor?
Eu poderia criar um gerador de ideias que apenas combina todos esses elementos e aspectos diferentes e que poderia produzir todas as possíveis combinações de gêneros e temas do jogo ao longo do tempo, mas não teria nenhum valor (como o exemplo do títulos e cartões acima).

Bastar combinar ideias não tem valor algum — qualquer um pode fazê-lo.

Mas então o que cria valor?
Os jogos só recebem valor quando pessoas talentosas trabalham nos jogos em um processo iterativo de refinação e melhoria no rascunho inicial de uma ideia de jogo. Porque todo design de jogo inicial é apenas um rascunho. É um produto do “vamos tentar algo assim”.

O trabalho real é feito pelas pessoas enquanto estão desenvolvendo o jogo. O design precisa ser alterado ao longo do desenvolvimento com base em experiências reais das versões cada vez mais concluídas do jogo — jogar o jogo.

Não há mérito para permanecer fiel ao design ou conceito original/inicial.

O único mérito real é acabar com um ótimo jogo acabado. O valor pode ser medido na quantidade de dinheiro investido no jogo ou pode ser medido em qual a condição do jogo é no momento ou mesmo a condição do jogo em relação aos investimentos usados para alcançar esse nível e, claro, finalmente quão bem o jogo retorna o investimento.

Porque este é um negócio muito arriscado e a maioria dos jogos falha, cada ideia envolve um grande risco de perder dinheiro. Muito dinheiro.

Não há falta de ideias. O custo de experimentá-los e os riscos envolvidos são o que limita a quantidade de ideias que serão testadas.

Enquanto eles são outra “ideia” em uma série infinita de ideias, as ideias individuais não têm valor, elas realmente não valem nada.

O que não falta é material disponível pra estudo então, que tal aprender um pouco sobre como desenvolver estas ideias na prática pondo a mão na massa a ao invés de simplesmente ter ideias épicas?

“Não odeie o jogador, odeie o jogo.”

Seja bem vindo ao mundo dos games. :)

Product Designer @ ThoughtWorks Brasil

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store