valente

ilustração originalmente publicada no Nervos de Papel

eu nem sei como cheguei aqui

fui me perdendo, sem querer querendo, nas instruções

as pessoas mandavam eu virar para esquerda

eu sabotava para a direita

que menino, um verdadeiro orgulho da família

mas como assim?

e patenteavam: como que você é bom,

agora na próxima faz a volta e sobe no viaadulto

eu descia a ladeira com ajuda do santo

acertou de novo, miseravi

um vencedor nato!

eu não quero

mais um troféu de muitos pra estante

me deixa errar

olha como essa medalha ficou bonita no seu peito

e se

sua vida já está toda planejada

eu

uma boa faculdade, nota 4 no MEC

quiser

uma garota de família pra casar

falhar

graduação com louros, perder não é do seu feitio

quem

um excelente emprego, décimo quarto

vai

dois filhos, um casal lindo, olha como parece contigo

me

aposentadoria privada

impedir

filho, o que é isso que achei na sua gaveta?

são vitaminas

foi um santo!

em terra, nunca ninguém chegará aos seus pés

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gui Mendes’s story.