Novo modelo de negócio no ramo de celulares…

Fazer seguro para o seu smartphone já é uma alternativa possível ao invés de adquirir um novo produto. Essa modalidade de negócio vem ganhando projeção nos últimos meses por conta dos roubos de aparelhos celulares, considerando que o Brasil é segundo país do mundo com mais roubos de celulares, ficando atrás somente da Índia, temos por aqui uma grande possibilidade de expansão desse tipo de seguro;

Ainda não se tem uma adesão em massa das companhias de seguros, porém com as pesquisas indicando o potencial de crescimento, é natural que cada vez mais as seguradoras passem a oferecer esse tipo de serviço.

As operadoras de celular já estão fazendo há algum tempo parcerias com as seguradoras, e assim, oferecem já na compra uma alternativa para proteger os aparelhos.

Especificamente no Rio de Janeiro, com a disparada do número de roubos de celulares a procura pelo seguro também aumenta consideravelmente. Além da mensalidade, que já vem incluída, as seguradoras estão cobrando 1/4 do custo do aparelho ( valor na nota fiscal ou valor de mercado ). Exemplificando: a franquia de um celular de R$ 5000 reais chega a R$ 1.250 reais, quantia que pode superar o que é cobrado num seguro de carro popular, onde essa cobrança por chegar até 11% em cima do preço do veículo

Pra quem não quer arriscar o seguro e também não quer investir num novo aparelho, existe a possibilidade de conserto. Nos últimos anos diversas assistências técnicas tem se capacitado para oferecer o serviço de dar manutenção em celulares, smartphones e tablets

Muitos profissionais estão procurando um curso de manutenção de celular para se capacitar e atender esse mercado tão promissor e crescente

Dados estatísticos de Abril de 2017, sobre a quantidade de celulares no Brasil indicam que temos por aqui 242,3 milhões de aparelhos, indicadores que reforçam a idéia de que negócios relacionados a celulares são sempre uma ótima opção