O Design que matou 154 pessoas
Joel Garcia jr
369

Texto muito bom, só algumas correções:

TCAS só emite comandos verticais (climb, descent ou level off)Mesmo após o acidente, não há nenhum aviso mais “chamativo” de que o TCAS está desligado.

Um dos motivos dos pilotos não terem percebido o “TCAS OFF” foi também a falta de treinamento adequado naquele tipo de aeronave.

Quanto ao funcionamento automático desses sistemas há alguns poréns:

Todo sistema no avião é protegido por um CB (Circuit Braker, funciona igual a um disjuntor), caso haja um mal funcionamento ou um curto circuito ele desarma e o sistema é desativado. Controlar automaticamente o modo ligado ou desligado não iria prevenir alguém mal intencionado de desligar o equipamento pelo CB.

2. Algumas situações pedem o desligamento: o GPWS é desativado, por exemplo, durante um pouso sem flaps já que ele ficaria avisando TOO LOW FLAPS toda hora durante o pouso.

Quanto ao TCAS, durante a feira de Aviação em Oshkosh toda aeronave deve desligar o transponder (consequentemente o TCAS) ao se aproximar do aeroporto porque a quantidade de tráfego é muito grande e iríamos ter vários eventos de TCAS desnecessários).