Rio de Janeiro, 15 de fevereiro de 2017

Estou sozinho…

Irremediavelmente sozinho.

E tudo que tenho são linhas…

Obtusas, intermináveis, linhas.

Rio de Janeiro, Brasil