https://www.flickr.com/photos/79684073@N07/37209196734

O vírus, o medo e a consciência

Gustavo Tanaka
Mar 13 · 3 min read

Pessoal, resolvi escrever este texto com a intenção de ampliarmos a consciência sobre o assunto do momento no mundo.

Quero deixar claro que esse conteúdo não se contrapõe à opinião de nenhum especialista. É um olhar adicional a todas as informações.

O que de fato está acontecendo? O que eu posso e devo fazer? Qual é o equilíbrio entre cuidado e pânico?

E qual a melhor forma de passar por este momento?

Eu lembrei de uma história que um amigo me contou um tempo atrás.

Três amigos estavam velejando juntos, cada um no seu próprio veleiro. Um otimista, um pessimista e um realista.

Em um determinado momento, o vento parou e os barcos ficaram parados em alto mar.

O pessimista, de imediato, pensou: “Já era. Eu vou morrer aqui.” E aos poucos foi se entregando pra situação.

O otimista, sem se preocupar, disse: “Tá tudo certo. Não é preciso ter medo. Logo o vento vai voltar e vamos sair daqui.”

E o realista parou, observou a situação e pensou: “Bom, de fato, não está ventando. Se demorar muito tempo sem vento, vamos ficar sem mantimentos e não vamos chegar a tempo na costa.” Ele parou, observou, meditou, refletiu, silenciou seus pensamentos e foi observando que não ventava, mas existia uma corrente marítima passando por ali. Foi aos poucos direcionando seu barco para a corrente, usando o peso do barco e o movimento leve das ondas e conseguiu levar seu barco de volta para a costa.

Não sei exatamente o final da história, mas imagino que o final não tenha sido legal pro pessimista nem pro otimista.

O que quero dizer com isso é que toda situação que tem potencial de risco e que ganha proporções deve ser olhada por nós com um olhar de consciência e responsabilidade.

Temos responsabilidade sobre como nos cuidamos e sobre como cuidamos dos outros.

Assim, além, obviamente do cuidado que temos que ter com o vírus, temos que ter cuidado com a vibração que espalhamos por aí.

O medo se espalha mais rápido que um vírus.

E o medo não se vence com positividade. O medo se vence com consciência.

Procure conteúdos que façam sentido pra você. Que te façam compreender melhor a situação e que possa assim, escolher como proceder em cada caso. Que assim você possa fazer suas escolhas com mais clareza. A internet está cheia de informação falsa, superficial e baseada no medo. Mas nem por isso devemos desconsiderar e não ler nada.

Quanto mais consciência temos, menos espaço o medo encontra para se espalhar.

Você pode fazer uma escolha hoje.
De ignorar completamente o fato e acabar contribuindo para a transmissão do vírus.

De entrar na paranóia coletiva e contribuir para transmissão do medo.

Ou pode fazer o que estiver ao seu alcance, ser responsável e consciente e contribuir para a manutenção da paz.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade