Photo by Clem Onojeghuo on Unsplash

Vírgulas

Augusto Nogueira
Mar 16 · 1 min read

O mundo já tem pontos finais o suficiente,

e queremos que ele continue,

não termine,

é contraintuitivo não finalizar algo,

mas também é uma escolha,

um passo depois do último que já se deu.


Viverei, sim, de vírgulas,

pois o meu ponto final quem vai trazer é o Universo,

e nem nele eu serei finalizado,

pois somos poeira de estrela,

nossas partículas estiveram aqui antes de nós,

e estarão depois, também,

somos apenas vírgulas

do Universo,

entre o que foi e

o que está por vir.


Facultativos,

Causais,

Errantes por natureza e intenção,

em busca de um “ninguém sabe o que”

por um “ não sei por quê”

vírgulas,