Top 10 — Howard Hawks

GUILHERME W. MACHADO

O mais sorrateiro dos autores da Hollywood clássica, Howard Hawks é um dos raros grandes diretores da época que justamente não buscava chamar atenção para um estilo próprio de mise-en-scène. O que não quer dizer que o cinema desse mestre não possui suas marcas, mas que essas não servem a um estilo rigoroso de fruição visual, e sim à proposta de cada material. Não à toa, Hawks em sua prolífica carreira passou com muito sucesso por praticamente todos gêneros tradicionais da chamada “época de ouro” hollywoodiana. Western, musical, screwball comedy, noir, aventura, ficção-científica, gangster… Pode escolher, ele fez de tudo, e com um número elevadíssimo de obras-primas, o que torna o meu trabalho de seleção bem complicado. Fora os astros, Hawks trabalhou com John Wayne, Marilyn Monroe, Cary Grant, Lauren Bacall, Humphrey Bogart, Montgomery Clift, Katharine Hepburn, Rita Hayworth etc, a maioria deles repetidas vezes. Por enquanto consegui ficar com os 10 filmes mais caros à mim, com o crime de deixar de fora obras como Scarface [1932] e Rio Vermelho [1948], mas é uma lista que possivelmente expandirei no futuro.

10. O Esporte Favorito dos Homens [1964]

09. Levada na Breca [1938]

08. Hatari! [1962]

07. Os Homens Preferem as Loiras [1953]

06. A Suprema Conquista [1934]

05. À Beira do Abismo [1946]

04. Onde Começa o Inferno [1959]

03. Uma Aventura na Martinica [1944]

02. Jejum de Amor [1940]

01. Paraíso Infernal [1939]


Originally published at criticpop.blogspot.com on April 23, 2017.