Tendências na Logística

Imagens do Centro Logístico de Itapevi

A seguir listamos 6 grandes tendências no setor da terceirização de operações logísticas.

1) A terceirização logística é um negócio promissor

Operadores logísticos que agregam mais valor a suas operações da cadeia de abastecimento, com soluções sofisticadas e integradas.

2) Redes maiores e mais eficientes

Redes de transporte, armazenagem e informação. A carga do cliente “A” e a carga do cliente “B” podem ser consolidadas num único veículo e reduzir custos para ambas as empresas. Quanto mais clientes um operador logístico encontrar com necessidades geográficas similares, maior a oportunidade.

3) Operadores logísticos e tecnologia da informação

Os terceirizadores devem manter a flexibilidade para fornecer qualquer número de soluções customizadas a seus clientes. Um operador logístico deve ser avaliado não apenas por quão bem ele usa os sistemas, mas também por quão rapidamente pode implementar um sistema nas operações de um cliente. A tecnologia deverá oferecer melhor visibilidade do estoque para que o trabalho seja bem executado, melhorar os ciclos de caixa a caixa e erradicar obstáculos que existem nas organizações dos clientes.

4) Bons profissionais de logística

Não é fácil encontrar pessoas que sejam capazes de analisar e depois otimizar as redes logísticas e cadeias de abastecimento. As empresas logísticas, por outro lado podem treinar os funcionários em várias disciplinas com o passar do tempo. Ter bons profissionais em uma operação faz toda a diferença no resultado final.

5) Relacionamento entre cliente e operador

“Logística voltada ao prestador”, que leva a novos níveis de desempenho e controle de custo. Muitos relacionamentos começam quando os clientes terceirizam uma pequena parte da cadeia de abastecimento. Os papéis mudam e o cliente espera o operador logístico para colocar na mesa sua visão de excelência logística.

6) Os operadores logísticos poderão cobrar por consultorias

O operador logístico fará recomendações e fornecerá relatórios detalhados para o cliente. Em resumo, assume o papel de consultor. Empresas que não tentaram a rota da terceirização, frequentemente, citam o receio de perder o controle sobre suas operações. Muitas vezes, as empresas possuem indicadores que diferem de unidade para unidade ou de linha de produto para linha de produto. Os terceirizadores podem padronizar isso ao longo de toda a cadeia de abastecimento, permitindo que as empresas tomem melhores decisões.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.