Eu, visitado

Deverias ter riscado minha parede
Contado sobre tua loucura
Beirando a sensatez
Desbravado minha sanidade

Tu deverias rasgar-me com tuas unhas
Beber do meu alívio
Implorar o meu suplício

Tu deverias ter vivido
Vir vindo
Antes de dizer de adeus

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Handersson Oliveira’s story.