Um oco

Eu frio, seco, sujo.
Eu morto. E mato tudo em que toco.
Eu oco. Sugo, consumo, engulo, mas nunca estou completo.

Cada vez mais faminto.
Cada vez mais vazio.

Eu escuro. Finjo todo dia um sorriso. Minto.
Eu duro. Firo quem me toca.
Eu só. E não tenho pra quem falar.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.