A Torcida do Grêmio é Quase 10% Maior do que a do Internacional

Apesar de já estarmos no final de 2015, uma pesquisa em parceria da Pluri Consultoria (Fernando Ferreira) e da Stochos Sports & Entertainment (Cesar Gualdani) conduzida em 146 municípios de todos os 26 estados + DF entre nov/2012 e fev/2013 onde foram entrevistados 21.049 pessoas acima de 16 anos com margem de erro de apenas 0,68% aponta que a torcida do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense é realmente maior do que a do Sport Club Internacional.

Sendo essa pesquisa a mais completa e a de metodologia mais cuidadosa disponível até o momento, esses dois anos e meio de defasagem em relação ao período de sua publicação não trazem alteração perceptível.

Tal fato torna-se ainda mais relevante para toda a nação Tricolor, pois o Grêmio consegue estar consideravelmente acima do Colorado apesar de passar por um jejum de mais de 15 anos e meio sem um título relevante (e que chegará certamente a 16 anos, pois Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão terminam em agosto, novembro e dezembro, ao passo que a nossa última CB foi conquistada em maio de 2001), enquanto "eles" obtiveram um Mundial, duas Libertadores, duas Recopas Sul-Americanas e uma Sul-Americana entre 2006 e 2011.

Vamos aos dados: em nível nacional (fig. 1), o Grêmio ocupa o 8º lugar, com 3% da torcida nacional. Já o Tradicional Adversário (T.A.) apresenta-se em 10º, com 2,5% de torcedores espalhados pelo Brasil (p. 11 do relatório).

Fig. 1— a preferência dos torcedores de futebol no Brasil em fev. 2013

Agora, a fig. 2 mostra a região Sul (p. 5):

Fig. 2 — a preferência dos torcedores de futebol na Região Sul do Brasil em fev. 2013

É importante salientar que o relatório deixa claro que não contabiliza nem nas listas por região, nem na totalização nacional, preferências abaixo de 1%. Isso significa que a quantidade de gremistas e de colorados fora da Região Sul do Brasil é quase irrelevante, apesar dos focos no oeste de SC e do PR e também em MS, MT e GO – ainda que tenha ajudado consideravelmente a estabelecer a supremacia tricolor no geral.

Entendo que tal dado deva sugerir que o marketing de ambos os clubes precise investir em produtos premium e de nicho, além de realizar amistosos contra adversários relevantes uma vez por ano em cada região do país a preços baixos. Assim, atingiria tanto o público abastado (diminuto, porém, altamente investidor) como o mais popular (encher o estádio e proporcionar uma grande festa para os gremistas em diáspora pela nação).

Enfim… Se pegarmos o total nacional e resumirmo-lo apenas ao universo de gremistas e colorados, isto é, 3% + 2,5% = 5,5% = 100%, a regra de três que revela a transposição para o duelo resulta em 54,55% de gremistas contra 45,45% de colorados.

Em números absolutos: sendo a projeção da população brasileira no atual momento via IBGE de cerca de 205.000.400, temos aproximadamente 6.150.000 gremistas contra 5.125.000 colorados.

#FIM

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.