Nova reforma ortográfica para 2018

Aproveitando o embalo das reformas trabalhista e da Previdência, o presidente ultrainterino, Michel Temer, anunciou nesta terça-feira, seu mais novo pacote de medidas, dessa vez para atualizar a língua portuguesa.

Trata-se da Reforma Ditatorial, que consiste na reformulação dos ditados populares brasileiros.

aqui vão alguns exemplos de ditados clássicos reformulados:

“Cada propina na sua cueca”

“O olho do Joesley é que engorda o gado.”

“A coligação faz a força.”

“Não há Rosa sem Garotinho.”

“Antes delator do que delatado.”

“Lava Jato no partido dos outros é refresco”

“A voz da bancada evangélica é a voz de Deus”

“Cada um tem o Aécio Neves que merece”

“Se conselho fosse bom, a Odebrecht trocava por voto.”

“Existem impeachments que vem para o golpe”

As mudanças passarão a valer em Janeiro de 2018, e, com isso, o ex-futuro-vice Michel Temer, acredita que a Língua Portuguesa ficará mais condizente diante das outras reformas do Governo.

Temer, que além de golpista é poeta, também sugeriu novas adições originais aos ditados

*aviso de fake news* - A não ser pro lance das reformas, isso aí infelizmente aconteceu de verdade e veio pra nos fuder gostoso.