Dora Maar, “Portrait of Pablo Picasso” (“Retrato de Pablo Picasso”) (1936, óleo)

Talvez eu não seja perfeita.
A filha perfeita, a irmã perfeita, a amiga perfeita, a namorada perfeita.. 
A pessoa perfeita aos olhos de quem me enxerga.
Talvez porque não exista a perfeição.
Ou talvez porque estamos tão presos aos nossos padrões que não conseguimos enxergar o imperfeito mais perfeito!
As diferenças.

Like what you read? Give Silva Sousa a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.