Resenha de “A Tristeza Extraordinária do Leopardo-das-Neves”

Comentários que fiz sobre o livro de Joca Reiners Terron, publicados no DELFOS em 2014.

“A literatura é como uma gaveta, em que se pode guardar o que quiser: chaves, roupas, filhotes de labradores, armas ou documentos confidenciais do governo. Por força do hábito e do mercado, leitores, autores e editores abrem essas gavetas cheios de expectativa e, se alguém tira tudo do lugar, chiamos e rearrumamos (às vezes vemos que o novo arranjo é bem melhor e aceitamos). A Tristeza Extraordinária do Leopardo-das-Neves, de Joca Reiners Terron, não chega a colocar algo de novo na gaveta, mas faz uma bela mistura.

No bairro do Bom Retiro, centro da cidade de São Paulo, cruzam-se as histórias de um escrivão insone, seu pai demenciado, um taxista dono de rottweilers, sua enfermeira, um leopardo-das-neves, um entregador coreano e uma misteriosa criatura que veste galochas e uma capa de chuva vermelha. Parece uma bagunça, mas na verdade é uma sinopse.”

Link para ler inteira: http://delfos.net.br/conteudos/index_interna.php?id=17369&id_secao=3&id_subsecao=9