Como escolher o ramo do negócio

Reflita sobre o que você gosta de fazer. É importante que o ramo escolhido esteja relacionado com seus gostos e aptidões. Ter um negócio exigi dedicação e, principalmente, paixão pelo que está fazendo.

Se você gosta de trabalhos que exigem habilidades para a criação de produtos, procure por negócios de trabalhos artesanais. Se você tem facilidade em se relacionar com as pessoas, foque em negócios que tenham contanto com as pessoas. Se você vive pela adrenalina, confira negócios relacionados a esportes.

O pequeno empreendedor muitas vezes não tem recursos para arcar com pesquisa e desenvolvimento de serviços e produtos inovadores. Felizmente, nem sempre é necessário pensar em negócios inovadores para se ter um negócio de sucesso. Pense na forma como você poderá ajudar as pessoas. É importante identificar as necessidades das pessoas para então poder pensar no serviço/produto que poderá ser oferecido. Um negócio que atenda as necessidades de seu público é mais válido que um monte de tecnologia que as pessoas não precisam.

Referência: metaempreendedor.com