Respirar. Respirar. Respirar. Pausa. Respirar.

Ela se levantou e olhou pela janela. Céu sem nuvens. Sol a pino. Amarelo brilhante, contra azul forte. Voltou para a cama. Livros, ar condicionado, água gelada. Cama macia, um lençol leve. Um jeito de se virar e esticar o corpo.

Respirar, respirar, respirar. Uma pausa. Pensar.

Desistiu. Melhor dormir. Não seria hoje. Ela sentia que não seria hoje.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.