Motivação na Padaria: Orgulhe-se do seu pãozinho de queijo

Perto do trabalho, há uma pequena padaria com uma equipe dedicada. Os empregados não ganham fortunas, mas estão sempre alegres, conversando e: não mudam! Não há turnaround de pessoas nessa padaria. Acho que um dos segredos está no pão de queijo “majestade” que servem.

Que tal se orgulhar com a qualidade do seu pão de queijo?

Eu nunca ouvi de tal “majestade”, nem sei se clientes não-padeiros se importam— mas os funcionários se importam. Eles também se importam com o azeite na salada, que poderia ser de soja, e com os copos grandes. Os clientes gostam de copos grandes.

Uma padaria não tem como se diferenciar muito, além da decoração, da localização e dos horários de atendimento, tudo restrito naquele condomínio. Os funcionários poderiam trabalhar numa padaria mais perto de casa. Mas orgulhar-se da qualidade do próprio trabalho não é o melhor motivador possível? Tenho certeza que esta empresa tenha ótima retenção de funcionários, espírito de equipe, fidelização de clientes, e que tudo comece na excelência da operação. Continua sendo uma padaria, mas é um ótimo lugar para frequentar — e afinal das contas, não é isso que importa?

A sua motivação não é responsabilidade do seu gerente.

Que tal enxergar a beleza, a elegância e a importância do seu trabalho? Acredito que motivação é você se orgulhar do seu resultado. O trabalho pode ter aspectos desagradáveis, mas o resultado é seu. Sua motivação não é papel do seu gerente, não vem de um aumento — vem de você! Vale zelar pelo seus pãezinhos de queijo e se orgulhar de que são “majestade”.