Vi 46 filmes do Woody Allen — e daí?
Joyce Pais
4910

Gostei do seu texto, Joyce. Comecei a lê-lo achando que você ia arrebentar com o Woody, mas no fim deu para ver que você encontrou diversas qualidades nele. Muito bacana sua isenção e respeito ao analisá-lo (tanto para o bem quanto para o mal). Não posso dizer que assisti a todos os filmes (faltam alguns dos primeiros dele — inclusive o “Memórias” que dizem ser muito bom), mas tenho impressões muito similares à sua. Gostei muito da sua lista final de “preferidos”, exceto por “Melinda e Melinda” que acho muito ruim e pela ausência de filmes de uma fase dele que acho muito boa: “Crimes e Pecados”, “Um misterioso assassinato em Manhattan” e, principalmente, “Tiros na Broadway”. Novamente, parabéns pelo belo texto e, em especial, pela paciência em assistir a todos os filmes. (tão obsessiva quanto ele ;-) )

Like what you read? Give Hugo Harris a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.