Um dia você irá acordar, e irá se sentir incompleto. Você irá se levantar, e irá sentir que está sozinho. Você irá se vestir e vai sentir o cheiro daquele perfume. Então você irá se sentir abandonado, carente, um idiota. Irá chorar lágrimas de sangue, sem ter ninguém para limpá-las. Você irá viajar meio mundo á procura de algo para te completar, ou então para fazer com que você não se sinta sozinho. Você entenderá o que está acontecendo. Você correrá, deixará tudo para trás, e baterá na minha porta. E eu irei ter o prazer de lhe lembrar, que você me deixaria e que diria que não precisaria de mim para sobreviver, e se esqueceria de mim, mas eu o lembrarei, que um dia você voltaria e que me imploraria para voltar para você, e eu te diria: Admita, agora eu sou o seu oxigênio, você nunca mais irá conseguir viver sem mim. Mais desculpe-me, eu não me lembro mais de você.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.