Cibercultura e o intercâmbio livre de experiências

Quando penso em cultura me vem em mente um turbilhão de palavras. Crenças, costumes, atitude, comportamento, conceitos, emoção. Todo esse conjunto forma culturas que vão passando de geração em geração.

Cultura não é linear, nem estática. Está sempre em movimento e não possui endereço fixo. Ela não se resume a uma ou duas cores, um ou dois lugares. A cultura é história. A história que foi construída ontem, que está sendo construída agora e terá continuidade amanhã.

Ao falar em cultura, interligo-a com um recente fenômeno social, do qual muito se é criticado, mas que agora escolho ser otimista e ver um efeito positivo do mesmo. Me refiro às novas tecnologias, que tem proporcionado uma nova forma de se comunicar e interagir coletivamente, interferindo e moldando o fazer cultural.

A cibercultura, que emerge juntamente com o desenvolvimento das tecnologias digitais, vem abrindo um novo horizonte de vivência social colaborativa e aberta, distinguindo-se de uma cultura centralizadora, massiva e fechada no qual controlam a emissão de informação e opinião que influencia o que é dito às massas.

Sendo um potencial de dinâmica, a cibercultura gera um novo universo que incentiva o fazer em conjunto, pelos compartilhamentos e cooperação entre pessoas, grupos e comunidades, trazendo uma nova estrutura de dinâmica cultutal, baseada na troca e cooperação nas redes que reflete na sociedade em geral.

O compartilhamento de arquivos e a troca social dos formatos digitais constrói processos coletivos que gera enriquecimento social e diversidade cultural, instaurando, dessa forma, um movimento global de trocas, compartilhamentos, trabalhos colaborativos, independente de espaço físico, identidade ou localidade.

A cultura vai tomando cada vez mais seu real sentido que é o intercâmbio livre de experiências, já que a mesma não deve ser propriedade privada, excludente desses e includente daqueles. Ela toma mais diversidade pela tamanha interação e mistura a qual tem sido submetida no ciberespaço.