A Morte é Eterna #35

Atrasado, embora vocês não saibam.


Não é o Bart

Tem um clichê, ou um ditado, ou talvez uma frase que seja famosa apenas para mim que diz o seguinte: "Um cachorro pode não ser a sua vida toda, mas você é a vida toda dele". Eu levo isso bastante a sério, pois isso é a mais pura e completa verdade. Tudo que um cachorro tem em sua vida é seu dono, e eu acho um absurdo as pessoas que adotam cães sem terem esta noção. Meus vizinhos fizeram isto recentemente, eles viajaram e deixaram seus dois labradores em casa. Pessoas vinham alimentar eles de manhã e de noite, mas durante o resto do dia eles ficavam sozinhos. Foram quase três semanas vendo eles se desesperarem pela solidão, cachorros que antes eram alegres claramente se tornaram depressivos. Nos últimos dias nem mais latiam. Se você abandona seu cachorro (mesmo que temporariamente) eu te odeio com todas as minhas forças, eu espero que você morra do jeito mais sofrido possível e torço para que exista um inferno onde seu sofrimento prolongue-se pela eternidade.


Como eu queria que fosse assim

No começo desta semana troquei de academia. Fui para uma que abre todos os dias, incluindo feriados e domingos. Fiz isso para sempre saber quando são meus treinos, podendo assim evitar de treinar perna no dia em que jogo futebol (o que para alguém que já operou o joelho é sempre bom). A nova academia tem essa vantagem, mas tem uma grande desvantagem que são as pessoas que a frequentam. Eu não sei como um lugar conseguiu juntar tanta gente desorganizada. Pesos, barras, cordas… todos os acessórios móveis nunca estão onde deveriam estar. Achá-los é uma verdadeira caça ao tesouro, com a desvantagem de não haver um mapa com um "X" vermelho. Odeio desorganização.


FUUUUUUUUUUCK!

Westworld s01e07 foi o melhor episódio da série. Digo mais, talvez tenha sido um dos melhores episódios de uma série que eu já vi. A revelação do capítulo é fantástica, é foda, é do caralho, e de fazer o queixo cair no chão, do cua cair da bunda e do cérebro se perder na imensidão do espaço. No momento em que um personagem não vê uma porta tudo se torna inacreditável, todas as certezas que tinha se perdem e tudo passa a ser possível. Que episódio magnífico!


Você é diícil e fácil de se conseguir

Acho que não vou começar a escrever um novo livro este ano. Um pouco por vagabundagem, muito por estar ocupado fazendo minha editora/loja. Na semana passada, superando a preguiça, consegui me cadastrar no ISBN. O que significa que posso colocar meus livros em qualquer loja visto que eles vão ter código de barra. Mas o sistema é meio chato, pois para conseguir as barras brancas e pretas eu preciso saber o tamanho do livro (altura e largura), quantas páginas ele vai ter, qual o preço e outros detalhes do gênero. Ou seja, antes preciso ir em uma gráfica e deixar ele 99% pronto para imprimir. O que para mim não faz muito sentido, pois como vou saber quanto cobrar antes de saber quanto vou gastar para imprimir? Enfim, estou chegando perto de publicar meus livros, isso que importa.


Deitou e rolou

Uma vitória acachapante do Trondheim Tyr na última rodada. Impulsionados pelos 28,60 pontos do RB DeMarco Murray (que não só correu para um TD, como também lançou para outro) o time alcançou a sua segunda maior pontuação da temporada. E poderia ter sido ainda maior se o Doug Baldwin e seus 25,70 pontos tivessem sido titulares. Dito isso, a vitória não em deixa completamente feliz. Derrotei o único amigo que tenho na liga (os outros mal atingem o status de conhecidos). Por mais besteira que isso seja o gosto da vitória não é tão doce quando se derrota um amigo que precisava da vitória. Placar final: Trondheim Tyr 127,58 x 122,10 Buffalo Soldiers.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.