A Morte é Eterna #67

Você é o último a ler esta newsletter. Caso queira mudar este fato me apoie no Apoia.se, pode receber essa coluna no domingo além de ganhar outras vantagens.


01- Aplicativos precisam dar atenção aos usuários, eles precisam responder o “contate-nos” o mais rápido possível. Se não fazem isso perdem o usuário;

02- Apaguei o Snapchat, fazia muito tempo que ele só ocupava espaço no meu celular. Instagram Stories matou o aplicativo amarelo, aposto que os criadores devem se arrepender todos os dias de não terem se vendido para o Facebook;

03- Caralho, Despacito já tem 2 bilhões de visualizações no Youtube;

04- Gangnam Style foi visualizado 2.8 bilhões de vezes, me pergunto quanto o Psy ganhou com propaganda só do Youtube;

05- Falando em Gangnam Style, eu ouvi antes a versão do Latino para depois conhecer a original;

06- Não sou muito bom em ficar a par das tendências do mundo;

07- Você Partiu Meu Coração (e eu não sei porque ouvi essa música) do Nego do Borel com a Anitta e o Wesley Safadão me desperta uma vontade de escrever um livro de romance. Capítulo 01: — Você partiu meu coração. A partir do capítulo dois vemos como o romance foi iniciado, passando pelo seu auge e chegando em seu término no último capítulo. Ou talvez o término fosse na metade e a segunda parte do livro fosse a pessoa que teve o coração partido tentando se recuperar. Ou ainda alternar os capítulo entre os diversos momentos da relação, ao estilo 500 Dias com Ela;

08- Mas essa é uma ideia que nunca vai sair do papel pois não sei escrever romances, não sou uma pessoa romântica;

09- É incrível como coisas bobas e pequenas conseguem despertar a criatividade, a minha pelo menos;

10- Bart agora sonha que está comendo, ele mastiga enquanto dorme.


A Última Noite no Circo: Ir ao circo é se divertir, é ver o impossível se tornar realidade diante de seus olhos. Mas será que tudo que os espectadores veem é apenas um show, ou será que a empolgação os impede de ver o que realmente está acontecendo no picadeiro?

Crônicas de uma Eleição: Quando o maior e mais antigo Partido perde seu candidato, apenas uma atitude ousada pode garantir uma chance de competição no próximo pleito. Uma revolução política em um meio corrupto no qual o que importa é apenas o poder.

Um Suicida no Céu — Uma Jornada de Escolhas: Um pecador caminha pelos Reinos do Céu, um inocente anda pelos Círculos do Inferno. A vida após a morte é tão misteriosa e complexa como a vida na Terra.

Uma Estória do Mundo: A natureza prove magia, a natureza prove tecnologia. A humanidade prove crenças, a humanidade prove guerras.

Like what you read? Give GIC a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.