A Morte é Eterna #75

Você é o último a ler esta newsletter. Caso queira mudar este fato me apoie no Apoia.se, pode receber essa coluna no domingo além de ganhar outras vantagens.


01- Dor no pescoço é uma das piores dores do mundo. E sempre que escuto muito rock/metal a tenho;

02- Porque os Mac tem que ser tão caros?;

03- Quatro anos atrás nevava em Curitiba. E isso, aliado ao Brunno Brugnolo, são os dois únicos fatos dignos de nota, e que vou me lembrar para sempre, da minha graduação. Primeiro dia de aula do segundo semestre, não havia certeza de que teríamos a primeira aula. Como garoto precavido acordei cedo e fui normalmente, apenas para descobrir que a classe não seria ministrada. Decepção, mas que logo foi superada pela precipitação congelada que descia dos céus. Não fosse isso eu provavelmente perderia o evento da década, de Curitiba, dormindo;

04- Eu me faço mal;

05- Lema do Trump deveria ser: Polemizar ao invés de governar;

06- Tirei a tala, dia mais feliz do ano! E não estou exagerando, 2017 está foda;

07- Comecei a fisioterapia, coisa chata;

08- Trump é o presidente mais brasileiro dos EUA: destrói tudo que o antecessor fez e sofre pedido/ameaça de impeachment diariamente;

09- Só tem velho na minha fisioterapia, todo dia descubro uma doença e uma cirurgia nova;

10- Me lembrei quão legal é ver jogo no estádio.


A Última Noite no Circo: Ir ao circo é se divertir, é ver o impossível se tornar realidade diante de seus olhos. Mas será que tudo que os espectadores veem é apenas um show, ou será que a empolgação os impede de ver o que realmente está acontecendo no picadeiro?

Crônicas de uma Eleição: Quando o maior e mais antigo Partido perde seu candidato, apenas uma atitude ousada pode garantir uma chance de competição no próximo pleito. Uma revolução política em um meio corrupto no qual o que importa é apenas o poder.

Um Suicida no Céu — Uma Jornada de Escolhas: Um pecador caminha pelos Reinos do Céu, um inocente anda pelos Círculos do Inferno. A vida após a morte é tão misteriosa e complexa como a vida na Terra.

Uma Estória do Mundo: A natureza prove magia, a natureza prove tecnologia. A humanidade prove crenças, a humanidade prove guerras.