Desaprendi a escrever

Você está deitado ao meu lado, provavelmente mergulhado em um mundo de sonhos, enquanto eu tento me expressar pela forma com a qual estou mais acostumado. Mas não estou funcionando normalmente, as coisas já não fluem mais para mim.

Tentei colocar a culpa no seu amor. Porque quando as coisas eram complicadas no relacionamento, escrever parecia tão fácil, enquanto agora, momento em que nosso encaixe está perfeito, torna-se a mais desafiadora tarefa. Coloquei na minha cabeça que o que sinto por você é tão forte que não consigo nem mesmo colocar em palavras, sentenças ou texto.

Acho ridículo da minha parte, entretanto, lhe presentear com milhares de textos no período da paixão, mas deixar de agraciá-lo no amor. Tenho medo que você pense que te amo menos, que não me esforço mais, que não ligo. Na realidade essa seria a maior mentira de todas.

Você, aqui, agora, é tudo perfeito para mim. Poder olhar nos teus olhos e mergulhar, visitar todas as dimensões da sua mente, sentir seu corpo por completo, todas essas coisas fazem eu me sentir próximo a uma explosão.

Sinto que minha escrita não é boa o suficiente para descrever o que é estar com você. Prefiro acreditar que não sei mais fazer isso, deixar de lado. Mas chegam alguns momentos, como este, que escuto sua respiração próxima a mim, sinto seu cheiro e tenho vontade de apertá-lo com tanta força e encher de beijos cada centímetro do seu corpo. Momentos como este, que considero um crime meu guardar para mim.

Então eu decido colocar aqui, porque por mais imperfeito que eu esteja achando o registro, prefiro eternizar uma parte do meu sentimento.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Ícaro Chaves’s story.