O que é Litecoin e porque investir nessa moeda?

No momento que este texto é escrito já são mais de duas mil criptomoedas listadas no Coinmarketcap. Um claro sinal de que o universo das moedas digitais não se restringe apenas ao Bitcoin ou Ethereum. Conhecer outras criptomoedas pode dar a chance de criar um portfólio de investimentos menos sujeito às variações do mercado e, claro, mais lucrativo.

No TOP 10 das criptomoedas temos algumas que já são cativas, entre elas a Litecoin. Criada por um ex-funcionário do Google, Charlie Lee, surgiu em 07 de outubro de 2013 e de lá para cá vem sendo apontada com uma boa alternativa ao Bitcoin.

Aspectos técnicos da Litecoin

A Litecoin se difere do Bitcoin em três aspectos fundamentais: blocos, escassez e prova de trabalho. Um novo bloco é criado na blockchain da Litecoin a cada 2 minutos e meio, ao invés dos 10 minutos da rede do Bitcoin. A Litecoin também prevê a emissão de 84 milhões de moedas contra os 21 milhões do Bitcoin. Mais moedas no mercado significa uma escassez menor, fazendo com que a valorização seja mais lenta. Atualmente a Litecoin está custando pouco mais de 50 dólares. Apenas uma pequena parte do valor do Bitcoin.

Por fim, seu algoritmo de prova de trabalho (proof-of-work) deveria permitir uma igualdade na mineração entre GPUs, ASICs e CPUs. A ideia é que a mineração fosse acessível mesmo para computadores sem muito poder computacional, como aparelhos domésticos. A verdade é que o retorno da mineração com GPUs é cerca de 10 vezes maior do que com um computador normal.

A prata digital

Assim como o Bitcoin, a Litecoin possui uma rede peer-to-peer para validação das transações através de uma blockchain e que também são irreversíveis, assim com outras características já conhecidas da rede Bitcoin. Seu código-fonte está aberto e disponível no Github.

Se muitos analistas consideram o Bitcoin como o ouro digital, a Litecoin é chamada de prata digital por ter uma aplicação muito semelhante ao Bitcoin mas ter um preço mais acessível e estar mais disponível.

Bitcoin ou Litecoin?

A resposta simples é: as duas. As duas criptomoedas possuem as mesmas características mas estão em momentos muito diferentes. Enquanto o Bitcoin é mais popular e mais caro, a Litecoin é mais acessível. Ou seja, com o mesmo capital você tem mais moedas. Por outro lado a Litecoin é menos escassa, o que significa que o preço irá demorar mais para subir.

O ideal é manter as duas na sua carteira, balanceando entre os riscos e os benefícios de cada uma. E, claro, sempre tendo em mente que não se deve investir mais do que está disposto a perder, principalmente em se tratando de criptomoedas.