Uma carta para o meu primeiro amor

Wake me up when september ends
Baseado em uma história de amor real de um amigo

Pois é, querida…
A vida nos separou e, por muito tempo, achamos que fingir a inexistência era o melhor para os dois.

Ainda bem que evoluímos!

Hoje você vive uma outra vida, em um outro mundo e respira um novo ar. Mas, se formos parar pra pensar, existem tatuagens nas nossas mentes que nos lembram os nossos momentos juntos quando ficávamos inventando doces loucos e vendo filmes românticos.

São esses momentos que eu quero lembrar agora. Momentos felizes que me fizeram crescer espiritualmente e fisicamente.

Quando sentir raiva de mim, lembra das nossas risadas.

Quando sentir saudade, venha falar comigo.

To te esperando…

Pra sempre.

Com amor,

Cutia
Like what you read? Give Igor Felipe a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.