Tudo mudou

Impressionante o poder que algumas pessoas tem de mudar a nossa vida, e sem fazer nada, foi preciso apenas aparecer, simples assim, como mágica.

Há algum tempo eu havia decidido que dedicaria boa parte do meu tempo apenas ao trabalho e amigos, sim, é fundamental tirar um tempo para os amigos, mesmo que seja pouco, é necessário sair um pouco e respirar outros ares que não o profissional, mas antes disso havia decidido que me fecharia para qualquer relacionamento amoroso, parece loucura? Talvez, mas algumas frustrações, e uma certa comodidade com relacionamentos não sérios fez-me acreditar que essa decisão era a mais sensata para o momento.

Nesse período passei a gostar de uma pessoa, mas em um processo de auto-sabotagem, após uma analise meio que fria sobre o que poderia ser um relacionamento com ela, fez com que eu mantivesse essa amizade, mas sem dar o próximo passo, e isso foi de comum acordo. Após esse ocorrido percebi o que já era esperado, quando esse sentimento chega não podemos evitar, mas podemos escolher que caminho trilhar.

Não escolhemos a pessoa que iremos gostar, mas podemos escolher tentar levar adiante, ficar remoendo, sofrendo, ou apenas tentar ignorar, e bola pra frente; Escrevendo assim parece fácil, não é, mas não é impossível.

Após esse fato pensei: “Ah! Agora sei que posso controlar isso, está tudo bem”
Quanta inocência, foi só conhecer bem ela, temos os mesmo gostos em vários aspectos, culinário, bebidas, locais preferidos, entretenimento, e até ao que diz respeito ao relacionamento, e no que somos diferentes é onde ao menos na minha mente um completa o outro, muito surreal encontrar alguém assim, se até então a palavra “alma gêmea” não fazia o menor sentido, agora entendo perfeitamente o que quer dizer, enfim, encontrei a minha.

Quando percebi o que estava sentindo era tarde demais, no primeiro momento fiquei assustado, depois bravo comigo mesmo, pois não consegui evitar que tal sentimento surgisse, mas depois de pensar bem, não é algo ruim.

Há anos não me sentia tão bem ao lado de alguém, nem imaginava que gostaria de passar mais tempo com alguma pessoa, mas isso antes dela aparecer, agora penso que poderia passa os dias livres com ela, fazendo qualquer coisa, fazendo nada nos nossos lugares preferidos, apenas um ao lado do outro, simples assim.

É assustador como fiquei conscientemente besta e apaixonado, estou ciente disso tudo, mas não consigo evitar, é como se estivesse com uma doença soubesse todos os sintomas, mas não posso fazer nada para evita-los, apenas admitir que aconteceu.

Você percebe que está apaixonado quando lembra do sorriso da pessoa, a voz que te agrada, algum momento juntos, e espontaneamente sorri, aquele sorrido “besta”, sem motivo aparente para quem te olha, mas o importante é que para você faz todo o sentido.

A gente sabe que uma hora alguém vai surgir na nossa vida e deixar-nos desnorteado, mas de uma maneira talvez inocente ou idiota, achamos que podemos controlar isso, pois é, não podemos.
E não é ruim estar apaixonado, voltei a ter outra perspectiva de vida, nunca achei que voltaria a ter vontade de passar alguns momentos da vida com alguém dessa maneira, e muito menos de me relacionar com alguém, tudo bem que digo isso pensando apenas se fosse com ela, mas se olhar para trás antes não pensava em nada disso, foi só ela aparecer que tudo mudou.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Igor Massami’s story.