O dia em que o professor disse que era de humanas

Michal Parzuchowski

Em 2015, tomei uma decisão importante. Algumas pessoas optam por um caminho curto e outras por caminhos longos. Eu tinha dois caminhos: Viajar pela América Latina até o Deserto do Atacama ou passar na faculdade.

Acabei escolhendo a “Engenharia de Software”.

A tecnologia é a mágica real, sem truques. Colocamos as palavrinhas magicas dentro de uma caixa de plastico e BUM! A magica está feita, não existe segredo, você só precisa saber as palavras certas.

A maior dificuldade de um curso de tecnologia, acredito que não seja a tecnologia em si. Se você não abriu seu computador com 10 anos, ou talvez esqueceu de assistir a coleção completa do star wars, provavelmente você terá alguns problemas. Poderá ser tachado como uma pessoa de “humanas”, que é uma ofensa para alguém de exatas.

Certa vez, depois de uma entrega de projeto, eu estava saturado com essa ideia, e a pessoa mais próxima em que eu poderia conversar morava a 13 horas de distancia, resolvi então conversar com um professor do curso.

A primeira resposta dele foi:

— Eu sou de humanas!

Eu fiquei espantado, não conseguiria imaginar meu professor dizendo aquilo.

Mas por que não? Eu percebi que eu mesmo estava acreditando naquele estigma.
Aquela resposta quebrou o meu padrão de pensamento.

O primeiro passo para ir atrás do que você acredita é quebrar o pensamento fixo. “Sou muito bom em matemática”, nasci para ser matemático. Não existe nada de errado nesse pensamento, mas se você quer ser um ator, isso vai dificultar para você seguir seus sonhos. “Eu nasci para ser matemático, nunca serei um bom ator”, percebeu como o nosso padrão de pensamento as vezes nos impedem de seguir os nossos objetivos maiores?

As habilidades que você tem, foram desenvolvidas e aprendidas ao longo da sua vida e naturalmente você pode aprender novas habilidades.

Você é comunicativo, não te vejo neste curso. 
Já pensou em publicidade? Direito?

Se você faz parte do grupo de pessoas que vive imaginando o futuro das outras, pare! Isso é muito chato.

Sabe o que é talento?
Talento é a minha capacidade de aprender algo que eu queira. Você deveria estar orgulhoso, porque a pessoa que você julga não ter nascido para fazer aquilo, está sim fazendo aquilo. Ela “não” optou pelo fácil, ela teve a coragem de sair da sua zona de conforto e lutar pelo que acredita.

Seja na tecnologia ou em qualquer área, pense em como você pode melhorar a qualidade de vida das pessoas.

A segunda coisa que eu aprendi:

— A sua área precisa de pessoas como você!

Seja o carteiro, gari, costureira, agricultor, vendedor, seja quem você quiser! E faça disso seu propósito, não faça isso por bits na sua conta bancária.

Ter bilhões de dólares te fará um bilionário, apenas isso.

Não tenha medo de mudar, tenha medo de não ter coragem para isso!

“Porque o esquilo que não quer passar a vida inteira na mesma árvore, um dia, vai ter que arriscar”.

Abraço!

Boa sorte,