Recebi uma mensagem do amigo Percival Lucena, que estava analisando os dados de queimadas do INPE. Isso acabou gerando uma conversa que virou esse texto. Agradeço a provocação do Percival e tomara que a gente consiga fazer um debate bacana sobre o tema.

A analise dele é breve e absolutamente correta. Ele lembra da importância de considerar que a tecnologia pode ter melhorado e naturalmente mais queimadas hoje do que no passado. Eu não conheço os métodos do INPE com profundidade o suficiente para afirmar como eles fazem essa garantia de consistência ao longo dos anos. As publicões em periódicos…

Igor Oliveira

Sustainable Science

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store