Nós Soamos Tão Errado

Enfurnado nessa cidade misteriosa, desconhecendo-me.

Nunca nos conhecemos profundamente. É, é isso.

Os semáforos piscam em amarelo, e as linhas telefônicas estão desabilitadas.

Desço do carro, e estava um pouco mais frio do que eu imaginava para aquela tarde.

Você roubou minhas noções, para onde estou indo agora?


Lembro-me de nós naquele dia.

Você estava bêbada, estava linda a meia luz.

Não trocamos muitas palavras. Sim, eu lembro, a gente não precisou disso.

Depois daquele dia, menina, não, você não sai da minha cabeça.

Entardecendo meus dias cedo demais, é, você é dona da minha ansiedade.


Fomos aquele momento lindo, frágil como vidro. Você não vê?

Roendo as unhas, prisioneiras torturadas do meu pesar.

E há algo que não sai da minha mente: Eu me lembro bem dos seus jogos quando nos falamos pelo telefone.

Agora sozinho passando por vias nossas, em meio a esse frio tortuoso, sei que não há lugar nesse mundo que seja tão frio quanto você.

Não, não há de haver, minha querida, não há de haver.

Havia uma conexão ou eu estou ficando louca? Estou louca?

Somos apenas carrinhos de bate-bate, sim, sempre nos distanciando a cada choque.

Polos separados, minha paixão. Polos norte e sul. Eu e você.

Esta tudo claro em minha mente.

Eu juro, tudo claro. É, está tudo claro sim…

Eu volto para la em flashbacks que ecoam pela minha mente.

Tudo frágil.

Porque esta tudo errado? Isso é tão errado.

Os semáforos não me apontam quando partir. Isso é tão errado.

As linhas telefônicas me roubam o ouvir você. Isso é tão errado.

Porque esta tudo errado? Isso é tão errado…

Tão errado.

Nós soamos tão errados.


Espero que tenha gostado, deixe um “❤” e um comentário.

Email para contato: vhugo4895@gmail.com

@INFINITOQUATRO