Movimento criado em Santa Rita do Sapucaí é destaque em publicação na China

Culture, Creative Industries and Urban Regeneration é o título do livro que acaba de ser publicado pela Faculdade de Arquitetura da Tsinghua University, na China. O objetivo desta publicação é reunir cases de sucesso de projetos de Cidade Criativa em diversos países.

O único case da América do Sul é o da cidade mineira de Santa Rita do Sapucaí, do movimento “Cidade Criativa, Cidade Felizque, há cinco anos vem gerando uma transformação profunda e sem precedentes no município também conhecido como Vale da Eletrônica. O texto é de autoria do Prof. Paulo Tadeu Arantes, Doutor em estruturas ambientais urbanas pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP) e professor na Universidade Federal de Viçosa (UFV).

Na prática, o Cidade Criativa, Cidade Feliz é um arranjo colaborativo entre instituições privadas e públicas da cidade que conecta e potencializa as diversas culturas existentes para a criação de iniciativas diversas, circulando na cultura, artes, tecnologia, movimento de startups, entre outros. Como resultado da troca de ativos tangíveis (uso de locais, estruturas, parcerias, etc) e intangíveis (conhecimento em áreas diferentes), vem gerando projetos incríveis, como musicais autorais, novas bandas, eventos de rua, empresas inovadoras, conferências, novos espaços de trabalho, e até mesmo eventos que vem conquistando renome nacional, como o Vale Music Festival, festival de Blues e Jazz em praça pública que atraí gente de todo o país à cidade, e o Hack Town, que foca em conhecimento, com palestras de criatividade e inovação em locais inusitados no centro de Santa Rita, e já circula entre os mais inovadores do Brasil. A união de todas as atividades culmina em um festival “guarda-chuva” de economia criativa, que leva o nome do movimento, com duração de mais de um mês, em agosto, levando atividades diárias para toda a população em frentes diversas. Outros eventos, de menor porte, acontecem ao longo do ano. Tudo produzido pela própria população.

Enquanto só existe a versão do livro 100% em mandarim, vale conferir esta incrível matéria do Projeto Draft sobre o projeto, publicada há alguns anos, em http://projetodraft.com/era-uma-vez-uma-cidade-criativa-saiba-como-santa-rita-do-sapucai-em-minas-se-tornou-o-vale-da-eletronica/, além do site do movimento, em http://cidadecriativacidadefeliz.com.br/.