NÃO FALE, TRABALHE

Joaquim tem 20 e poucos anos e vive a transição para a vida adulta. Conseguiu um emprego numa grande empresa tão logo saiu da faculdade e agora aluga um apartamento amplo próximo ao trabalho.

Mas a vida adulta não é fácil. O trabalho consome cada vez mais a vida de Joaquim, que trabalha 10 horas na empresa, leva trabalho pra casa e ainda faz serão no fim de semana.

Para sustentar a vida independente, Joaquim sabe que precisa trabalhar, se não quiser voltar a morar com os pais. Quanto mais se dedica ao trabalho, mais Joaquim abdica de uma vida saudável e social. Não tem tempo nem energia para encontrar os amigos ou namorar ou se alimentar de maneira saudável.

Joaquim rapidamente passa de um para dois maços de cigarros por dia, troca a água pelo café forte. Joaquim tem muito trabalho pra entregar e passa a noite acordado para conseguir fazer tudo. Vai trabalhar sem ter dormido, mas afinal entregou todo o trabalho que prometera.

Numa conversa com o chefe, seu cansaço é visível, mas a falsa preocupação do chefe só gera mais pressão, competitividade. Joaquim descobriu que seu colega ganha quase três vezes mais do que ele, mas isso não deve importar.

Joaquim precisa do emprego e promete entregar mais trabalho difícil para o outro dia.