Pesquisa alerta que mais da metade dos brasileiros estão acima do peso

Isabela Castro

Apesar de uma ampla divulgação sobre a importância de se manter uma dieta saudável e da prática regular de exercício físico, muitos brasileiros continuam se alimentando mal e vivendo de forma sedentária. A prova disso são os números revelados pelo Ministério da Saúde. 52,5% dos brasileiros estão acima do peso, número que vem crescendo de forma contínua nos últimos anos.

Há dez anos, esse índice era de 43%. O mais preocupante é que 33,5% das crianças de cinco a oito anos apresentam excesso de peso, de acordo com a Pesquisa de Orçamentos Familiares. O mesmo percentual atinge os adolescentes de 12 a 17 anos com sobrepeso, sendo que 8,4% estão obesos, segundo o Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes.

O nutricionista Alysson Belizário informou que o aumento da obesidade se deve a mudança de rotina dos brasileiros. / Foto: Isabela

O nutricionista Alysson Belizário explica que o aumento no número de pessoas que sofrem com sobrepeso no país se deve a uma mudança na rotina dos brasileiros. Segundo ele, as pessoas dormem menos, tem um dia-a-dia corrido e se estressam mais, fazendo com que a probabilidade de ganhar peso aumente.

De acordo com o nutricionista, o primeiro passo para ter uma alimentação adequada é montar um cardápio equilibrado, com todos os nutrientes ideais para que a pessoa consiga chegar ao peso desejado. “É importante não ter excessos, não comer muitos açúcares, comer frutas, verduras e legumes e não comer muita gordura além de respeitar os intervalos entre uma refeição e outra”, ressalta.

Alysson informou ainda que o excesso de gordura no corpo e as dietas mirabolantes podem acarretar em doenças como diabetes, anemia, problemas no fígado, rins e pressão alta. “Não se deve confiar nessas dietas vistas na internet ou que um amigo indicou, é preciso sempre consultar um profissional antes de mudar a alimentação”, disse. O nutricionista aproveitou para dar dicas de como se alimentar bem.

Alexson do Vale perdeu 16 quilos em aproximadamente 3 meses apenas mudando seus hábitos. / Foto: Arquivo Pessoal

O estudante Alexson do Vale não seguiu dietas sem consultar um nutricionista. Por causa da constante falta de ar e das dores no joelho, ele decidiu procurar um profissional para mudar a rotina. O resultado não poderia ser melhor: ele perdeu 16 quilos em três meses graças a mudança na alimentação e a prática de exercício físico.

Clique aqui para continuar adquirindo conhecimentos, jogando um caça-palavras sobre alimentação saudável!

Like what you read? Give Integração Estácio a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.