Blockchain: O que é, e como está revolucionando o Mercado Financeiro?

No nosso ultimo post, falamos sobre o Bitcoin e tivemos um recorde de acessos, se você ainda não viu confira por esse link aqui https://goo.gl/K5E2Gy Impulsionados pela quantidade de visitas, hoje falaremos sobre a tecnologia que tornou o Bitcoin possível e que vai revolucionar o mercado financeiro, estamos falando do Blockchain.

O que é Blockchain?

O Blockchain nada mais é do que um sistema de contabilidade, um livro de registro contábil público, que está distribuído pela internet, pelos diversos computadores que fazem parte dessa rede.

O Blockchain então permite que o registro de dados e informações deixem de ficar armazenado em um só local, mas na verdade, que seja distribuído por toda a cadeia de blocos, por isso o nome Blockchain.

Essa distribuição é criptografada, criptografia é um estudo e técnica pela qual a informação pode ser transformada da sua forma original para outra ilegível de forma que possa ser conhecida apenas por seu destinatário, o detentor da chave secreta, o que torna difícil se ser lida por alguém não autorizado.

O Whats App enfrenta muitos problemas por causa da criptografia, a justiça não consegue ter acesso as mensagens e pede a suspensão do aplicativo, temos vários exemplos que aconteceram recentemente para lembrar.

Mas voltando ao mundo financeiro a criptografia e a Blockchain trazem maior segurança para as transações, com potencial redução dos custos operacionais e um ganho de eficiência.

Como o Blockchain revoluciona o mercado financeiro mundial

Vamos começar a citar os exemplos mais simples, como o cadastro de clientes. Hoje o cliente precisa manter o seu cadastro atualizado em diferentes instituições financeiras. Com o Blockchain o cliente preencheria a ficha apenas uma vez e, quando quisesse abrir conta num banco, bastaria autorizar a instituição financeira a acessar os seus dados. Para o banco isto representa uma redução de gastos, pois diminuiria a necessidade de verificação de dados.

Grandes bancos como o Santander, UniCredit e CIBC estão utilizando o Blockchain para diminuir o prazo de transferência de recursos entre países, de 3 a 5 dias para cerca de 15 minutos, além disso, o número de transações com erro caiu significativamente.

Pagamentos de boletos hoje levam até 48 para serem identificados. Quando o cliente paga o boleto tem que ficar aguardando a confirmação do pagamento que, as vezes, pode levar três dias úteis. Usando o Blockchain, o boleto seria registrado na rede assim que fosse emitido e quando fosse pago a identificação pelo banco recebedor seria imediata.