A importância da Verdade

" Truth is the agreement of our ideas with the ideas of God." Jonathan Edwards

Quando refletimos acerca da importância da verdade para um cidadão terreno, caímos na esquizofrenia do relativismo. Contudo, quando nos referimos à um peregrino, a Verdade não é algo subjetivo. Adotamos pensamentos e agimos com a Palavra como um alfaiate que, ao invés de fazer ajustes no terno para encaixar no cliente, faz ajustes no cliente. Fazemos diárias "correções" no Evangelho para que ele se adapte a nós, ao invés de nós, o terno, sofrermos cortes e costuras para nos encaixarmos nos pensamentos de Deus - permitidos única e exclusivamente pela revelação do Espírito Santo.

"Eu sou o caminho, a verdade e a vida", já disse nosso Mestre. Portanto, parafraseando Heidegger, que nossa existência cristã seja "autêntica", que a nossa fé na Graça Futura seja nosso guia e que a "instância" temporal do futuro seja a responsável por unir nossa essência com a existência (Com o perdão da analogia).

Sonho que nesse "annus novus faustus..." não fujamos da verdade mas a abracemos como quem agarra um prêmio na loteria. Afinal, muitos apostam, mas poucos levam.