Sick and tired of being sick and tired

Cansei, sabe? Cansei muito. Cansei além da conta.

Todo mundo tem um limite de paciência e muitas vezes extrapolamos esse limite só para termos certeza de que as coisas não vão dar certo de última hora. Sempre há aquela esperança tola de que você vai sentir o alívio de ter tudo funcionando like a clockwork.

Faz 71 dias que tenho agarrada ao meu tornozelo essa esperança tola. Setenta e um dias. Confesso que esse número me impactou muito (acabei de fazer essa conta). Como consegui gastar tanto tempo esperando por algo que NUNCA deu qualquer indício de que ia se resolver? Como consegui ME gastar esse tempo tod

o? Porra, são 71 dias! Nesse período não teve um dia em que não me repreendesse por estar andando nesse lamaçal de sentimentos inúteis. Foram e com certeza ainda serão incontáveis momentos de inquietação mental, tentando calcular meticulosamente maneiras de fazer as coisas darem certo, mesmo que a mudança não tinha que vir de minha parte.

Por isso que é tão importante e saudável respeitar seu limite de paciência. No meu caso, seriam quase dois meses extras com um pouco mais de paz interior.

O processo de cortar o que te faz mal é um porre. É uma caralha passar por isso mas no fim vale tanto a pena. A última vez que fiz isso, levou 4 anos pra me livrar do sentimento que me prendia e lá vamos nós começar esse processo de novo.

Wish me luck.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.