eu, meu pai; astrologia e guerra.

( foto de: http://www.cablook.com/mixlook/printsip-falsifikatsii-tsarya-solomona/)

De um tempo para cá, a astrologia despertou meu interesse e isso me faz pensar em como sou parecida com o meu pai. Não que ele seja fã do assunto, há grandes chances, inclusive, de sequer saber o seu próprio signo e eu sofrer ferrenhas críticas pelo meu mais recente fascínio (e até tentar explicar que astrologia não é horóscopo, a minha autoestima terá ido para o ralo). Porém, meu pai é a pessoa que mais alterna hobbies no mundo. Desde pequena, como que em um seriado, acompanho as suas diversas temporadas, umas mais curtas, outras longas — e algumas tão longas que até o espectador deseja o fim.

A fotografia foi um hobby de duração mediana, mas cujos frutos (quatro) estão em exposição até hoje na casa dele, envoltos em uma luz vermelha que lhes confere um ar misterioso. Em exposição também há vários objetos relacionados a episódios “bélicos”, o que causa certa estranheza aos olhos do novo visitante. Não entrarei em detalhes, melhor assim. Esta temporada é exemplo das que já poderiam ter terminado, porém teve ramificações e a família foi surpreendida com um “to be continued”, ao que se seguiu a aquisição de um jeep da segunda guerra. A série virou um “SOS Automóvel” e parei de acompanhar.

Gosto mesmo é dos episódios com uma pegada esportiva. Já cheguei a me candidatar à figurante, mas só atrapalhava as gravações. Meu pai é ciclista há tempos e até adquirir a relíquia acima não tinha carro. Antes e depois do trabalho costuma percorrer vários quilômetros com alguma de suas bicicletas (há uma mostra delas também, na sala de jantar), em um percurso variável pelas ruas e parques de Curitiba, e isso nos dá orgulho danado e a família torce pela continuidade (do esporte e não do local escolhido para as bikes).

Poderia falar também dos hobbies gastronômicos, da coleção de filmes, com destaque para os, adivinhem, de guerra, e de muitas outras peculiaridades que tornam o meu pai uma figura única e ainda mais especial — mesmo com tantas menções à, novamente, guerra. Mas, tudo isso foi só para dizer que, tal como ele, percebi que também conto com pequenas exposições próprias e alterno alguns passatempos. E só por aí se vê que a casa 05 do meu mapa astral é bem movimentada… ou, quem sabe, que o fruto não cai longe do pé, simples assim.

Like what you read? Give Isabella. a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.